Brasil

Chuvas no RS atingem 450 municípios; mortes seguem em 147

Mais de 530 mil pessoas estão desalojadas e 76,8 mil continuam em abrigos, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil do estado nesta terça


Imagem de Capa

Reprodução

PUBLICIDADE

O número de mortes devido às enchentes no Rio Grande do Sul manteve-se em 147 entre segunda-feira (13/5) e esta terça (14). O total de municípios atingidos pela tragédia climática na região, no entanto, subiu de 447 para 450, de acordo com boletim da Defesa Civil do estado, divulgado às 9h de hoje. Mais de 530 mil pessoas estão desalojadas, e 76,8 mil continuam em abrigos.

Até o momento, 76,4 mil pessoas foram resgatadas e 125 seguem desaparecidas. Não há óbito em investigação, segundo o levantamento. Além disso, 806 pessoas ficaram feridas devido às chuvas e 2,1 milhões foram afetadas. No total, as equipes envolvidas nos resgates salvaram 11 mil animais.

Temperaturas baixas e rios em alta

Além dos prejuízos causados pelas chuvas, o gaúcho enfrenta agora queda nas temperaturas, confirmando o alerta de declínio emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) com grau de severidade de perigo. Em Pelotas, a mínima na madrugada estava prevista para cair a 7°C. Pela manhã, os termômetros marcavam 10ºC.

Em Porto Alegre, a manhã é fria, com 12ºC. O nível do rio Guaíba subiu novamente e pode quebrar recordes mais uma vez. Segundo informações do Governo do Rio Grande do Sul, a medição realizada às 7h apontava 5,17 metros.

Um estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) indica que o Guaíba pode ultrapassar o pico de 5,35 m entre esta terça (14) e quarta-feira (15) - em 5 de maio, o nível do rio bateu recorde, alcançando 5,33 m.

Para tentar conter o avanço das águas, a prefeitura da capital gaúcha montou barricadas com sacos de areia de 1,80 m. O prefeito da cidade, Sebastião Melo (MDB), acredita que o número de atingidos pelas inundações aumente ainda mais. Ele alerta à população que o momento não é de voltar para casa.


Metrópoles


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Qual tipo de evento cultural você prefere participar em Porto Velho?

Mais lidas de Brasil
Últimas notícias de Brasil